Menu

#Dezembro
#RádioSuper


"Cascudos" de Renato decidem, e Grêmio vence Lanús no 1º jogo da final

23 NOV 2017
23 de Novembro de 2017
Escreva aqui seu post

Nada de Luan, Arthur ou Barrios. Quem decidiu para o Grêmio no primeiro jogo da final da Copa Libertadores de 2017, nesta quarta-feira (22), contra o Lanús, foram os jogadores "cascudos" pedidos pelo técnico Renato Gaúcho para a disputa da competição continental. A vitória por 1 a 0 na Arena tricolor veio com gol de Cícero e assistência de Jael, dupla que entrou em campo no segundo tempo.

Com o triunfo na ida, o Grêmio joga por um empate na Argentina na quarta da semana que vem, 29 de novembro. O time gaúcho não terá o zagueiro Kannemann, que recebeu cartão amarelo e está suspenso para a decisão.

Contra um Lanús que criou as melhores chances no primeiro tempo, mas mal conseguiu passar do meio-campo no segundo, o Grêmio arrancou a vitória mesmo sem muita inspiração. O lance do gol veio em uma bola alçada na área, que Jael desviou de cabeça e Cícero completou para as redes.

Substituições de Renato surtem efeito

O Grêmio sofreu para levar perigo com a bola pelo chão e superar a marcação do Lanús. Luan, principal criador do time, não achava espaço perto da área; como resultado, o time passou a alçar muitas bolas e buscar o gol pelo alto. De olho nisso, Renato Gaúcho lançou a campo Cícero e Jael e apostou tudo no jogo aéreo. Deu certo: aos 37 da segunda etapa, os dois experientes atletas participaram diretamente do lance decisivo. Jael ajeitou de cabeça e Cícero se esticou na área para vencer o goleiro Andrada e balançar a rede.

FONTE: Uol
Voltar